É falso que governo da Irlanda instalou aviso eletrônico contra uso de máscaras, testes e vacinas

Compartilhe

Não é verdade que o governo da Irlanda tenha instalado um aviso eletrônico em um pedágio com alertas contra o uso de máscaras, vacinas e testes de Covid-19, conforme alegam postagens que circulam nas redes sociais (veja aqui). O painel foi instalado por um grupo de negacionistas e não houve apoio do governo irlandês.

A peça de desinformação reunia ao menos 1.022 compartilhamentos nesta sexta-feira (29) e foi marcada com o selo FALSO na ferramenta de verificação do Facebook (saiba como funciona).


Na Irlanda o Governo colocou este aviso eletrônico no pedágio, avisando a população: Vacinas podem causar paralisia. Tirem suas máscaras. Máscaras acumulam germes. Testes de covid são fraudulentos. 95% dos testes de covid dão falso positivo. Vacina não é segura. O HSE não cuida da sua saúde. O Covid é uma operação psicológica para quebrar a economia mundial.

Não foi instalado pelo governo da Irlanda um painel eletrônico que exibe mensagens contrárias ao uso de máscaras, de vacinas e de testes como estratégias para deter a pandemia de Covid-19. O vídeo mostra uma ação de um grupo de negacionistas daquele país, como noticiou a mídia local. Além disso, em seus canais oficiais, o governo irlandês recomenda a utilização de máscaras, a vacinação e a testagem massiva de casos suspeitos.

A Irlanda anunciou sua estratégia de vacinação contra Covid-19 em 15 de dezembro do ano passado e o uso de máscaras é obrigatório no país em locais públicos desde maio de 2020. O governo também recomenda a realização de testes em casos suspeitos da doença e conta com políticas específicas de testagem em massa em escolas, para motoristas que se deslocam para outros países e viajantes em geral.

O vídeo com a alegação enganosa também circulou em outros países e foi checado pelas agências internacionais Faktograf e AFP. No Brasil, a Agência Lupa também checou a peça de desinformação.


De acordo com nossos esforços para alcançar mais pessoas com informação verificada, Aos Fatos libera esta reportagem para livre republicação com atribuição de crédito e link para este site.

Referências

  1. Irish Central
  2. Ministério da Saúde da Irlanda (1, 2, 3, 4 e 5)
  3. Faktograf
  4. AFP
  5. Agência Lupa

Compartilhe

Leia também

falsoVídeo é editado para fazer crer que família Bolsonaro apoia pré-candidatura de Pablo Marçal

Vídeo é editado para fazer crer que família Bolsonaro apoia pré-candidatura de Pablo Marçal

falsoPosts usam foto de outra pessoa para sugerir que autor de atentado contra Trump era trans

Posts usam foto de outra pessoa para sugerir que autor de atentado contra Trump era trans

Pré-candidato, Marçal oferece prêmio a seguidores e especialistas veem infração eleitoral

Pré-candidato, Marçal oferece prêmio a seguidores e especialistas veem infração eleitoral