É falso que Drauzio Varella deu dicas na ‘Folha’ para socorrer crianças com mal súbito

Por Priscila Pacheco

18 de janeiro de 2022, 17h28

Não é verdade que Drauzio Varella publicou um artigo na Folha de S.Paulo em que dá dicas para socorrer crianças com mal súbito, como afirmam nas redes (veja aqui). Além da foto ser uma montagem, o texto veiculado na data citada, 12 de janeiro de 2022, fala de enfermeiras que trabalham com pacientes de Covid-19 e Influenza. Aos Fatos não localizou registros de colunas anteriores do médico sobre o tema citado nas postagens.

A publicação enganosa reunia ao menos centenas de compartilhamentos no Facebook nesta terça-feira (18) e também tem sido postada no Instagram e no Twitter.


Selo falso

Drauzio Varella não escreveu nem publicou na Folha de S.Paulo artigo com dicas para socorrer crianças com mal súbito. A imagem que reproduz a coluna do médico no jornal e usa este enunciado é uma montagem, como Aos Fatos constatou e como informou no Twitter Mariana Varella, editora-chefe do Portal Drauzio Varella.

Na montagem, Drauzio Varella é descrito como médico e jornalista, e a foto o mostra de camisa branca. No site da Folha, ele é apresentado como “médico cancerologista, autor de ‘Estação Carandiru’” e aparece de camiseta escura. Além disso, a data na página do jornal está no lado esquerdo da tela, após título e subtítulo, não do lado direito abaixo da foto.


Montagem. Veja diferenças entre a imagem original (à direita) e a manipulada (à esquerda).

Aos Fatos verificou o histórico do site da Folha no Web Archive, mas não encontrou modificações no padrão de publicação em 12 de janeiro, data em que o artigo teria sido veiculado. Neste dia, a coluna de Varella no jornal falou de enfermeiras que atuam na linha de frente do combate a influenza e Covid-19. Aos Fatos não localizou textos dele na Folha com dicas para socorrer crianças com mal súbito.

No site do médico há um artigo de 2011 sobre morte súbita de bebês, atualizado em março de 2021, mas sem referência a vacinas. Aos Fatos também encontrou uma reportagem de 2012 no Fantástico, da TV Globo, em que Varella fala a respeito do quadro em adultos.

Não há evidências de que vacinas contra a Covid-19 causem morte súbita em crianças e adolescentes. O quadro não aparece entre os efeitos adversos listados na bula do imunizante da Pfizer, o único autorizado até o momento no Brasil para esse público.

Referências:

1. Portal Drauzio Varella (Fontes 1 e 2)
2. Twitter Mariana Varella
3. Web Archive
4. Folha de S. Paulo
5. Globo
6. Metrópoles
7. Medicina do Esporte
8. Pfizer


Aos Fatos integra o Third-Party Fact-Checking Partners, o programa
de verificação de fatos da Meta. Veja aqui como funciona a parceria.


De acordo com nossos esforços para alcançar mais pessoas com informação verificada, Aos Fatos libera esta reportagem para livre republicação com atribuição de crédito e link para este site.

Topo

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.