É falso que Bolsonaro disse ‘não sou cozinheiro’ ao comentar fome no país

Por Luiz Fernando Menezes

10 de junho de 2022, 16h06

Jair Bolsonaro (PL) não disse a frase: “E daí? Não sou cozinheiro”, ao responder uma pergunta sobre a fome no Brasil, como dizem postagens nas redes sociais (veja aqui). Não há registro dessa frase na imprensa, nos perfis oficiais do presidente ou no agregador de declarações do presidente mantido pelo Aos Fatos. Essa afirmação surgiu inicialmente no blog satírico Sensacionalista, mas passou a ser compartilhada nas redes como se fosse real.

As peças enganosas somavam ao menos 1.500 compartilhamentos no Facebook nesta sexta-feira (2).


Selo falso

Bolsonaro se pronuncia sobre a volta da fome: ‘E daí, não sou cozinheiro’.

Publicação compartilha frase falsa de Bolsonaro sobre a fome no Brasil

Não é verdade que o presidente Jair Bolsonaro (PL) respondeu a uma pergunta sobre a fome no Brasil com a frase: “E daí? Não sou cozinheiro”, como dizem postagens. Não há registros de nenhuma declaração semelhante de Bolsonaro em suas redes sociais (Twitter, Facebook, Instagram e TikTok) ou no agregador de declarações atualizado por Aos Fatos.

A falsa declaração foi publicada originalmente de forma satírica pelo blog de humor Sensacionalista, na última quarta-feira (8). Embora o conteúdo seja humorístico, a postagem foi recortada por usuários nas redes sociais e passou a ser compartilhada como se fosse uma notícia real.

A piada foi publicada pelo Sensacionalista após a divulgação dos dados do 2º Inquérito Nacional sobre a Insegurança Alimentar no Contexto da Pandemia da Covid-19 no Brasil, realizado pela Rede Penssan. O documento estima que 33,1 milhões de pessoas estão passando fome no Brasil em 2022 (15,5% da população) e 125,2 milhões de pessoas vivem em algum grau de insegurança alimentar. Aos Fatos explicou, em dezembro, o que significam essas categorias.

O texto do Sensacionalista faz referência a duas frases ditas por Bolsonaro em abril de 2020. Na primeira, no dia 20 daquele mês, o presidente respondeu a jornalistas que o questionaram sobre as mortes de brasileiros por Covid-19: “Eu não sou coveiro, tá certo?” E a segunda, dita oito dias depois, no mesmo contexto: “E daí? Lamento. Quer que eu faça o quê? Sou Messias, mas não faço milagre.”

Essa peça de desinformação também foi checada pela Agência Lupa e pelo Boatos.org.

Referências:

1. Twitter (@jairbolsonaro)
2. Facebook (Jair Messias Bolsonaro)
3. Instagram (jairmessiasbolsonaro)
4. TikTok (@bolsonaromessiasjair)
5. Aos Fatos (1 e 2)
6. Rede Penssan (1 e 2)
7. O Globo
8. G1


Aos Fatos integra o Programa de Verificação de Fatos Independente da Meta. Veja aqui como funciona a parceria.

Topo

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.