É falso que Bolsonaro alcançou 80% de aprovação em pesquisa do Ibope

Por Priscila Pacheco

21 de janeiro de 2021, 16h02

Não é verdade que uma pesquisa Ibope detectou que o presidente Jair Bolsonaro tem 80% de aprovação popular, como alegam postagens nas redes sociais (veja aqui). Na sondagem de dezembro do ano passado, a última divulgada pelo instituto, a parcela dos que aprovavam o governo federal foi de 35% e a taxa de confiança no presidente marcou 44%.

As postagens com a informação enganosa reuniam ao menos 14.668 compartilhamentos nesta quinta-feira (21) e foram marcadas com o selo FALSO na ferramenta de verificação do Facebook (saiba como funciona).


Pesquisa Ibope: aprovação de Bolsonaro vai a 80%

Jair Bolsonaro não marcou 80% de aprovação em uma pesquisa do Ibope, como alegam nas redes. O último levantamento do instituto, de dezembro de 2020, traz percentuais bem inferiores a esse: 40% avaliaram positivamente o governo, 44% afirmaram que confiam no presidente e 46% indicaram que aprovam sua maneira de governar.

Os três dados de avaliação positiva apresentaram queda entre a pesquisa de dezembro e a anterior, de setembro. A aprovação do governo caiu cinco pontos, a aceitação à maneira de governar encolheu quatro e a confiança no presidente foi reduzida em dois pontos percentuais.

A pesquisa do Ibope foi encomendada pela CNI (Confederação Nacional da Indústria) e contou com 2 mil entrevistas em 126 municípios entre 5 e 8 de dezembro. A margem de erro máxima estimada é de 2% para mais ou menos nos resultados.

Outras pesquisas. Na segunda-feira (18), um levantamento da XP/Ipespe indicou que 32% dos entrevistados avaliaram o governo como bom ou ótimo. Já uma pesquisa do PoderData/Band divulgada nesta quarta-feira (20) indicou que a gestão federal teria avaliação positiva de 45%, mas a aprovação pessoal de Bolsonaro seria de 35%.

Esta peça de desinformação também foi checada pela Agência Lupa.

Referências:

1. IBOPE Inteligência
2. XP Investimentos
3. Band
4. Agência Lupa

Leia também

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.