Dilma não disse que segunda dose da vacina contra Covid-19 deveria ser dada antes da primeira

Por Priscila Pacheco

2 de julho de 2021, 15h37

É falso que a ex-presidente Dilma Rousseff (PT) tenha dito que, “se é a segunda dose que garante a imunização [contra Covid-19], então deveriam dar a segunda dose primeiro”, como alegam postagens nas redes sociais (veja aqui). Por meio de sua assessoria, a ex-presidente negou ter dado esta declaração, e Aos Fatos não encontrou nenhum registro que comprovasse que ela falou a frase.

Os pedidos de checagem deste conteúdo foram enviados por leitores ao Aos Fatos pelo WhatsApp (Fale com a Fátima). Devido à natureza da plataforma, não é possível estimar o alcance do conteúdo. No Facebook, a postagem reunia ao menos 1.600 compartilhamentos nesta sexta-feira (2) e recebeu selo FALSO na ferramenta de verificação da rede (saiba como funciona).


“Se a segunda dose da vacina é a que garante a imunização, então deveriam dar a segunda dose primeiro” - Dilma Rousseff

Uma frase de que a segunda dose da vacina contra Covid-19 deveria ser tomada primeiro pois garante a imunização tem sido atribuída à ex-presidente Dilma Rousseff (PT) nas redes sociais, mas isso não é verdade. A assessoria de imprensa da petista afirmou que ela jamais fez tal afirmação.

O Aos Fatos fez buscas nos perfis autenticados de Dilma no Facebook e Twitter, mas não encontrou nenhuma publicação com a frase. Pesquisas em sites de buscas também não apontaram que a frase tenha sido dita por ela ou por qualquer outra pessoa.

Entre as vacinas aplicadas no Brasil, três precisam de duas doses para completar a imunização: Pfizer, Coronavac e AstraZeneca/Oxford. A vacina da Janssen precisa de apenas uma dose. Saiba mais sobre vacinas aqui.

Referências:

1. Twitter Dilma Rousseff
2. Facebook Dilma Rousseff
3. Aos Fatos


De acordo com nossos esforços para alcançar mais pessoas com informação verificada, Aos Fatos libera esta reportagem para livre republicação com atribuição de crédito e link para este site.

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.