Crítica de Lula a políticos que exploram eleitores pobres é tirada de contexto

Por Luiz Fernando Menezes

28 de junho de 2022, 18h45

Um vídeo em que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) fala que pobres são “como papel higiênico” — úteis somente nas eleições e, depois, descartados — foi tirado de contexto em postagens nas redes sociais (veja aqui) para fazer crer que o petista expressava uma opinião dele. No discurso completo, Lula criticava outros governantes por priorizarem ricos em suas políticas. A fala aconteceu em um evento do Dia Mundial da Alimentação, em outubro de 2021.

O conteúdo enganoso acumula ao menos 62 mil compartilhamentos no Facebook até a tarde desta terça-feira (28), e também circula no WhatsApp, no Telegram e no YouTube.


Selo falso

CADÊ OS PAPEL HIGIÊNICO DO LULA QUE COMIA PICANHA??? O que Você pensa sobre o Pobre? "O pobre é um número! O pobre é utilizado como se fosse papel higiênico, Ele tem uma baita de uma utilidade nas eleições depois joga ele fora e esquece". - Ex-Presidiário Luiz Inácio Lula da Silva.

Publicações editam fala de Lula para sugerir que ele comparou pobres com papel higiênico

Postagens enganam ao dizer que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva considera que pobres são como “papel higiênico”, com base em um trecho de um discurso dele. As imagens do vídeo foram gravadas em um evento pelo Dia Mundial da Alimentação, em 16 de outubro de 2021, e na íntegra do discurso é possível ver que Lula criticava outros governantes por não levarem a população de baixa renda em consideração.

A fala começa no minuto 33 do vídeo publicado no canal de Lula no YouTube. Confira a transcrição abaixo:

“Eu estava vendo no Orçamento. Você, que é especialista no Orçamento, me parece que nesse Orçamento agora tem R$ 245 bilhões de subsídios para os ricos. E quanto tem para os pobres? Não, o pobre não pode ter porque o pobre é gasto. Você não pode ter o Fies porque você não pode fazer dívida pra garantir que uma filha de um trabalhador possa estudar na universidade. Isto é gasto. Meu, isso é investimento. (…) Os mais pobres não estão morrendo só na Amazônia por causa do desmatamento, do desemprego e da fome, morrem no mundo inteiro pelo esquecimento daqueles que deveriam ter responsabilidade de lembrar. Nenhum presidente de nenhum país do mundo se esquece do orçamento das Forças Armadas. Nenhum país do mundo se esquece dos orçamentos do Itamaraty, do orçamento do Ministério Público, do orçamento da Polícia Federal, do orçamento da… Mas se esquece de colocar o pobre no orçamento. Porque o pobre não é levado em conta. O pobre é o número. Às vezes um número bonito para se utilizar em campanha. Eu há vinte anos atrás dizia: ‘Pobre é utilizado como se fosse papel higiênico. Tem uma baita de uma utilidade na época da eleição, mas depois joga ele fora e esquece.’ Eu estou falando isso, coisa que eu já falei há trinta anos atrás. Eu sou um velho. Eu estou falando do passado, porra.”

A assessoria do ex-presidente afirmou, em nota ao Aos Fatos, que o vídeo tira de “contexto uma fala de Lula sobre como outros políticos veem pobres”.

A Lupa e o Estadão Verifica também checaram essa postagem.

Referências:

1. Mundo Educação
2. Youtube (Lula)


Aos Fatos integra o Programa de Verificação de Fatos Independente da Meta. Veja aqui como funciona a parceria.

Topo

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.