É falso que cidades do Nordeste registraram mais votos em Lula que total de habitantes

Por Marco Faustino

5 de outubro de 2022, 13h48

Não é verdade que dez cidades do Nordeste teriam registrado mais votos para o ex-presidente e candidato Luiz Inácio Lula da Silva (PT) do que o total de seus habitantes (veja aqui). Na lista que circula nas redes sociais (veja aqui), os números de votação e de moradores estão errados e são citados municípios que não ficam na região ou nem mesmo existem.

Publicações com o conteúdo enganoso acumulavam ao menos centenas de compartilhamentos no Facebook nesta quarta-feira (5) e também eram difundidos por meio do WhatsApp, onde não é possível estimar o alcance com precisão (fale com a Fátima).


Selo falso

URGENTÍSSIMO - MORTOS VOTARAM. CIDADES QUE ATÉ OS MORTOS VOTARAM EM LULA. N.S. da Glória (Se) 3.053 habitantes. 4.615 votaram em Lula. Porto da Pedra: (Pe) 6.122 habitantes: 8.090 votaram em Lula. Poço das Antas(Pe) População: 4.342 habitantes. 5.873 votaram em Lula. Xique Xique (BA) 43.548 habitantes: Pasmem: 64.805 habitantes votaram no Lula. Barragem(BA) 25.687 habitantes: 31.338 votaram em Lula. Nova Liberdade (BA) 11.026 habitantes: 16.192 votaram em Lula. Novaçores (BA) 9.622 habitantes: 12.351 votaram em Lula. Guananbim (BA) população: 19.764 habitantes: 22.538 Votaram em Lula. Joaçaba (BA) 6.142 habitantes: 6.984 votaram em Lula. Antas(BA) população: 11.434 habitantes: 18.001 votaram em Lula e mais 192 cidades Brasileiras (Bahia com maior número) em que os mortos RESSUSCITARAM para VOTAR em Lula. ISSO PRECISA SER APURADO.

Publicações enganam ao afirmar que cidades do Nordeste registraram votação maior para o ex-presidente Lula (PT) do que o total de habitantes, sugerindo que houve fraude no primeiro turno das eleições deste ano. Dos dez nomes citados, três não existem no país (Barragem, Novaçores e Nova Liberdade). Nos demais, que incluem dois municípios da região Sul (Poço das Antas [RS] e Joaçaba [SC]), os números de votos e de moradores estão incorretos.

Confira no gráfico a seguir os dados corretos, extraídos das bases mais recentes do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) e do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Não existe um município Barragem na Bahia, mas se considerarmos Barreiras (BA), a suspeita sobre a votação também não se sustenta: são 158.432 habitantes e 23.969 votos em Lula. O mesmo vale para Novaçores, que não existe no país, mas pode ser confundida com Nova Soure, cidade baiana com 27.047 habitantes e que deu 23.969 votos ao petista.

A postagem erra ainda ao dizer que Porto da Pedra (AL) é uma cidade pernambucana e que Poço das Antas (RS) e Joaçaba (SC) ficam em Pernambuco e na Bahia, respectivamente.

Algumas versões das peças de desinformação checadas trazem ainda uma alegação, já checada por Aos Fatos, de que comprovantes de votação de Pancas (ES) provariam que eleitores já votaram para o segundo turno. Segundo a Justiça Eleitoral, os papéis são de um caderno de votação que foi descartado por erro na impressão.

A lista enganosa também foi checada por Estadão Verifica, Lupa, Reuters e UOL Confere.

Referências:

1. IBGE (Fontes 1, 2, 3, 4, 5 e 6)
2. TSE
3. Aos Fatos


Aos Fatos integra o Programa de Verificação de Fatos Independente da Meta. Veja aqui como funciona a parceria.

Topo

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.