Charge do New York Times é de 2018 e não tem a ver com desfile militar em Brasília

Por Luiz Fernando Menezes

11 de agosto de 2021, 14h34

É de 2018 e não tem relação com o desfile militar em Brasília na terça-feira (10) uma charge do The New York Times que circula nas redes sociais (veja aqui) e que mostra o presidente Jair Bolsonaro e um militar dentro de um tanque com o canhão em formato de urna. A ilustração era referente à vitória do então candidato do PSL nas eleições daquele ano.

A charge fora de contexto foi disseminada inclusive pelo governador de São Paulo, João Doria (PSDB), que posteriormente retificou a postagem. No Facebook, o conteúdo enganoso reunia ao menos 3.000 compartilhamentos nesta quarta-feira (11) e foi marcado com o selo FALSO na ferramenta de verificação da plataforma ‌(‌saiba‌ ‌como‌ ‌funciona‌).


Jornal The New York Times publica charge chamando Bolsonaro de ditador e ridicularizando sua micareta de tanques de guerra. Bolsonaro já era uma vergonha nacional. Agora se forma vergonha internacional.

Uma charge publicada no jornal americano The New York Times em 29 de outubro de 2018 vem sendo compartilhada nas redes como se fosse atual e referente ao desfile militar promovido pelo governo Bolsonaro em Brasília nesta terça-feira (10). A ilustração do cartunista Patrick Chappatte, intitulada “A guinada do Brasil para a ditadura”, mostra o presidente e um militar dentro de um tanque com o cano em formato de urna. A arte fazia alusão à vitória do então candidato do PSL na eleição, ocorrida na véspera da publicação.


Publicação original. Charge questionava se eleição iria 'enviar o país de volta no tempo' (Reprodução/The New York Times).

A charge foi compartilhada com o contexto enganoso na tarde de terça-feira (10) pelo governador João Doria (PSDB) em suas redes sociais. Segundo a legenda das postagens, o jornal americano estaria “ridicularizando a micareta de tanques de guerra” de Bolsonaro. Procurado por Aos Fatos nesta quarta-feira (11), Doria corrigiu a informação dos posts e pediu desculpas pelo engano das datas.

O desfile militar realizado na Esplanada dos Ministérios na manhã da última terça-feira (10) gerou desinformação em perfis da direita à esquerda nas redes sociais. Aos Fatos já checou que uma foto de um comboio de tanques registrada na China foi atribuída ao evento e que um vídeo de um acidente com um blindado era antigo e não foi feito antes do desfile.

Referências:

1. The News York Times
2. G1
3. Aos Fatos (1 e 2)

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.