🕐 Esta reportagem foi publicada há mais de seis meses

Avião em queda mostrado em vídeo não tem relação com acidente na Etiópia

Por Luiz Fernando Menezes

19 de março de 2019, 18h06

Não é do acidente com o Boeing 737 na Etiópia na semana passada o vídeo que vem circulando pela internet de uma aeronave que cai e explode perto de uma rodovia. As imagens, na verdade, são de 2013 e mostram a queda de um avião cargueiro no Afeganistão.

A desinformação ganhou força no WhatsApp no fim de semana e foi denunciada ao Aos Fatos por dezenas de leitores no aplicativo de mensagens (veja como participar). Publicações semelhantes publicadas no Facebook — uma delas com mais de 1.600 compartilhamentos — foram marcadas com o selo FALSO na ferramenta de verificação da rede social (entenda como funciona).


FALSO

Acidente com o 737 MAX 8 da Boeing na Etiópia. Que loucura…

Circula pelas redes sociais um vídeo que supostamente mostraria o momento exato do acidente do avião da Ethiopian Airlines ocorrido no dia 10 de março e que matou 157 pessoas. O Boeing 737 caiu logo após levantar voo do aeroporto na capital Addis Ababa. Ainda não se sabe o que causou o acidente, mas as autoridades etíopes planejam divulgar um relatório preliminar em até 30 dias.

O vídeo em questão, porém, não mostra a queda do avião da Ethiopian Airlines, e sim um acidente ocorrido em maio de 2013, no Afeganistão. O avião, que era um Boeing 747-400, transportava carga e sete tripulantes americanos, que morreram com a queda.

A queda do avião no Afeganistão foi causada por excesso de peso na parte superior da fuselagem: a aeronave substituiu outra de última hora e o despachante operacional de voo não fez um novo cálculo de peso e balanceamento.

O vídeo com a desinformação não foi disseminado apenas no Brasil: a agência de checagem Snopes, dos EUA, também verificou ser falsa a atribuição das imagens.

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.