Áudio com xingamento a Lula é editado em vídeo que mostra bloco de Carnaval em SP

Por Priscila Pacheco

26 de julho de 2022, 14h32

Não é verdade que um vídeo mostra uma multidão cantando palavras de ordem contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), como dizem postagens nas redes sociais (veja aqui). A gravação original mostra o bloco de Carnaval Acadêmicos do Baixo Augusta, no Vale do Anhangabaú, e os foliões cantam “olê, olê, olá, Lula, Lula”. O áudio dos gritos de “Lula, vai tomar no cu” foi inserido digitalmente na versão que circula.

O vídeo adulterado conta com ao menos 60.654 interações no TikTok nesta terça-feira (26).


Selo falso

Vídeo de público exaltando Lula teve áudio de xingamento inserido em edição

A multidão que pula em um vídeo que viralizou no TikTok não grita “Lula, vá tomar no cu”, como fazem crer publicações enganosas. O áudio foi adicionado à gravação original, feita no Vale do Anhangabaú, que mostra foliões do bloco de Carnaval Acadêmicos do Baixo Augusta cantando “olê, olê, olá, Lula, Lula”, em 24 de abril.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) não estava presente no bloco, mas o público evocava o nome do petista nos intervalos entre as músicas. O vídeo original foi disseminado nas redes sociais no dia do evento. O Aos Fatos não identificou a origem do áudio com xingamentos ao ex-presidente que foi inserido digitalmente nas cenas originais.

O Aos Fatos não encontrou registros de hostilidade contra Lula nos blocos que desfilaram em São Paulo no Carnaval de rua fora de época, realizado entre os dias 21 e 24 de abril de 2022. Marcado pelo tom político, o evento teve falas de artistas de incentivo para que os jovens tirassem o título de eleitor, e alguns blocos se manifestaram contra o presidente Jair Bolsonaro (PL).

Referências:

1. G1 (Fontes 1 e 2)
2. Facebook Cut
3. Twitter Veneziano Vital
4. Folha de S. Paulo
5. Nova Brasil FM


Aos Fatos integra o Programa de Verificação de Fatos Independente da Meta. Veja aqui como funciona a parceria.

Topo

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.