Áudio com defesa de golpe e ofensas ao STF não foi gravado por Modesto Carvalhosa

Por Priscila Pacheco

9 de setembro de 2021, 18h30

Não foi gravado pelo advogado e professor aposentado Modesto Carvalhosa um áudio que circula nas redes sociais (veja aqui) com a defesa de um golpe de estado por meio do fechamento do legislativo e ofensas a ministros do STF (Supremo Tribunal Federal). Ao Aos Fatos e em suas redes sociais, o jurista negou ser o autor da mensagem e disse que defende o estado democrático de direito.

A peça de desinformação circulou no WhatsApp, onde não é possível medir com precisão o alcance, e no Facebook, onde reunia ao menos 9.300 compartilhamentos nesta quinta-feira (9).


Um áudio de 13 minutos em que uma voz masculina que defende um golpe de estado, ofende o STF (Supremo Tribunal Federal) e celebra os atos bolsonaristas de 7 de Setembro tem sido atribuído ao jurista Modesto Carvalhosa, professor aposentado da Faculdade de Direito da USP (Universidade de São Paulo), mas isso é falso. O advogado negou ao Aos Fatos e em seus perfis do Facebook e Twitter que tenha feito a gravação. “Sempre defendi e defenderei o Estado Democrático de Direito”, disse.

Carvalhosa é defensor da Operação Lava Jato e já externou críticas ao STF e ao Congresso pelo que chama de “desmonte” da operação, mas não existem postagens do jurista com conteúdos semelhantes ao dito no áudio enganoso.

Aos Fatos não conseguiu identificar o verdadeiro autor do áudio nem o local onde ele foi gravado. A peça também tem sido compartilhada no WhatsApp mas, devido à natureza da plataforma, não é possível estimar o alcance do conteúdo.

Referências:

1. Facebook Modesto Carvalhosa
2. Twitter Modesto Carvalhosa
3. Site Modesto Carvalhosa
4. Folha de S. Paulo

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.