Aos Fatos

Aos Fatos reúne parceiros para monitorar, analisar e desbancar mentiras eleitorais

30 de setembro de 2022, 18h05

Durante o fim de semana do primeiro turno da eleição, mais de 20 profissionais do Aos Fatos estarão mobilizados para monitorar e fazer a cobertura de campanhas coordenadas de desinformação, desbancar mentiras e analisar as principais tendências nas redes sociais.

Nos dias 1º e 2 de outubro, a equipe do Aos Fatos participará da coalizão CheckBR, em parceria com AFP Checamos, Boatos.org, Comprova, E-Farsas, Fato ou Fake e Lupa. O objetivo é que, com a livre reprodução de checagens entre os parceiros, mais eleitores sejam alcançados com informações verificadas e confiáveis. A Ajor (Associação de Jornalismo Digital) e a Google News Initiative apoiam a participação do Aos Fatos nessa empreitada.

Também no fim de semana, Aos Fatos integrará uma colaboração inédita com Agência Pública e Núcleo Jornalismo para investigar campanhas coordenadas de desinformação e influência em larga escala. Serão mapeadas discussões e debates sobre questionamentos à integridade das urnas e do sistema eleitoral, violência digital e real, campanhas coordenadas da extrema-direita e convocação de manifestações contra o processo eleitoral, além de conteúdos sobre qualquer tema que apresentem potencial de viralização.

Aos Fatos ainda promoverá, às 18h de domingo (2), uma conversa ao vivo no Twitter Spaces em que jornalistas dessas organizações farão um balanço sobre o papel que a desinformação e as campanhas coordenadas de influência tiveram até aqui.

Enquanto isso, no Twitter, no YouTube, no TikTok e no Instagram, o youtuber Thiago Guimarães, criador do canal Ora Thiago, apresenta o quinto capítulo do Ora da Verdade, parceria de conteúdo com Aos Fatos para sanar as dúvidas mais frequentes dos eleitores. Às vésperas das eleições, ele também explica o que é infodemia e por que nos sentimos ansiosos ao tomar decisões diante de tanta informação.

O Radar Aos Fatos estará no ar com monitoramento em tempo real das plataformas. A ferramenta traz um panorama do tipo de desinformação e de conteúdo de baixa qualidade que circula às vésperas e na hora do pleito.

Caso o leitor do Aos Fatos queira saber o que seu candidato à Presidência da República disse ao longo da campanha, o Banco de Discursos estará disponível para consultas, com a íntegra das falas dos presidenciáveis documentadas pelo Escriba, dispositivo de transcrição do Aos Fatos.

Além disso, disponíveis todo dia, 24 horas por dia, a Fátima para o WhatsApp e a Fátima para o Telegram tiram dúvidas e enviam checagens sob demanda nos aplicativos de mensagem. Basta conversar com a robô checadora do Aos Fatos.

Vote consciente. Vote com fatos.

Topo

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.