Impacto

Compartilhe

Aos Fatos dedica-se a promover a verdade e a combater a desinformação com transparência e inovação. O impacto do nosso trabalho é medido não só por número de leitores e alcance de checagens, investigações e tecnologia; Aos Fatos pauta tomadores de decisão, contribui consistentemente com debate de políticas públicas e é reconhecido por premiações internacionais.


🏆 Principais prêmios

Prêmio Gabriel García Márquez 2020 de inovação com o projeto Radar Aos Fatos.

Digital Media Américas 2024 de melhor uso de inteligência artificial na Redação e melhor iniciativa de fact-checking com a FátimaGPT.

Logo do Latam Digital Media 2020

Digital Media Latam 2020 de melhor projeto de jornalismo digital com o Radar Aos Fatos.

Logo do Online Journalism Awards

Finalista dos Online Journalism Awards 2019 por excelência geral em microrredações.


📈 Impacto em números

3.275 checagens
que desmentem desinformação nas redes. (mai.2018-mai.2024)

+790.000 interações
com o chatbot Fátima no WhatsApp. (mai.2023-mai.2024)

+20.000 horas
de transcrição usadas por assinantes do Escriba.
(mai.2024)

+2.000.000 de visitas
número recorde no site do Aos Fatos.
(out.2022)

+40 grupos de pesquisa e pesquisadores
com acesso a dados do Radar Aos Fatos.
(mai.2024)

21 citações
no relatório final da CPMI do 8 de Janeiro.


🌟 Fatos sobre o Aos Fatos

 

2024

  • Aos Fatos estreou nova identidade visual, atualizou sua política editorial e tornou pública sua política para uso de inteligência artificial.
  • FátimaGPT conquistou o Digital Media Américas 2024 em duas categorias: melhor uso de inteligência artificial na Redação e melhor iniciativa de fact-checking.
  • Aos Fatos participou do Festival Internacional de Jornalismo em Perugia, na Itália, falando do impacto de seu trabalho nas investigações sobre o 8 de Janeiro e sua política de transparência jornalística.

2023

  • relatório final da CPMI (Comissão Parlamentar Mista de Inquérito) que investigou os atos golpistas citou 21 reportagens do Aos Fatos.
  • O especial GOLPEFLIX, catálogo digital das mentiras que levaram ao 8 de Janeiro, foi ao ar em março. Aos Fatos recebeu apoio da fundação MuckRock para preservar e abrir a pesquisadores a base de dados que deu origem ao projeto especial. O projeto também foi finalista do prêmio Claudio Weber Abramo de Jornalismo de Dados.
  • O jornal The New York Times destacou a atuação do Aos Fatos e seu trabalho no combate à desinformação.
  • A AGU (Advocacia-Geral da União) entrou com uma ação judicial contra o Telegram para exclusão de grupos que vendem cartões de vacinação fraudados, fruto de investigação exclusiva do Aos Fatos.

  • É lançada a FátimaGPT, versão do chatbot que usa IA generativa para tirar dúvidas de usuários sobre boatos nas redes sociais. 
  • O jornal The Washington Post destacou levantamento do Aos Fatos que atestou uma disparada de conteúdo antidemocrático nas redes sociais entre a campanha eleitoral e os ataques de 8 de janeiro.
  • Aos Fatos e outras iniciativas de checagem que integraram o Confirma 2022, parceria com TSE (Tribunal Superior Eleitoral) e Meedan, venceram o prêmio de Colaboração mais inovadora e de maior impacto no GlobalFact10, em Seul.

2022

  • Em ano de eleições presidenciais, Aos Fatos registrou, em outubro, a maior audiência mensal da sua história, com mais de 2 milhões de visualizações.
  • A presença digital de Aos Fatos também foi alavancada nas redes sociais. Em parceria com o influenciador Thiago Guimarães, a série de vídeos Ora da Verdade registrou mais de 850 mil visualizações entre Instagram, YouTube e TikTok.

Home do Escriba, ferramenta de transcrição automática do Aos Fatos

  • Foi lançado o Escriba, ferramenta de transcrição automática desenvolvida pelo Aos Fatos. Com apoio da Iniciativa Jogo Limpo, do ICFJ (International Center for Journalists) e do YouTube Brasil, mil jornalistas receberam acesso gratuito ao serviço. Desde seu lançamento, o Escriba já transcreveu mais de 20 mil horas de áudio.
  • A Polícia Civil de SP prendeu envolvidos no golpe da lipozepina, que usava uma rede de desinformação para vender falsos emagrecedores. O esquema foi revelado pelo Aos Fatos em uma série de reportagens. A Anvisa também mandou recolher lotes dos produtos após a nossa investigação.

2021

Obra de Jaime Acioli mostra indígena usando máscara de proteção

  • Aos Fatos lançou o projeto Artefato, que convidou artistas brasileiros a criarem arte sobre desinformação e a pandemia de Covid-19. As obras foram vendidas em um leilão com renda destinada ao apoio a famílias em situação de vulnerabilidade afetadas pela pandemia.

2020

  • Aos Fatos lançou o Radar Aos Fatos, uma ferramenta pioneira no monitoramento em tempo real de ondas de desinformação nas redes sociais. O projeto conquistou o Prêmio Gabo 2020 de Inovação e o Digital Media Latam 2020 de melhor projeto de jornalismo digital.
  • Em maio, o chatbot Fátima chegou ao WhatsApp.

2019

Home do Agregador, projeto de checagem de declarações do ex-presidente Jair Bolsonaro

  • Em março, o contador de declarações enganosas do então presidente Jair Bolsonaro foi ao ar. Os números atualizados do projeto tornaram-se referência no debate político nacional e internacional, pautando reportagens em vários países e estudos acadêmicos. Nos 1.459 dias de governo, Aos Fatos compilou e checou 6.685 afirmações falsas ou distorcidas do ex-mandatário.
  • Veiculada horas após o assassinato da vereadora Marielle Franco, a checagem que desmentia vínculos da parlamentar com o crime organizado tornou-se a publicação de maior audiência da história do Aos Fatos, acumulando mais de 1 milhão de visualizações.

2018

  • A cobertura da campanha eleitoral de 2018 fez com que Aos Fatos conquistasse uma menção honrosa no prêmio de Excelência Jornalística da SIP (Sociedad Interamericana de Prensa) por sua cobertura em tempo real via WhatsApp.
  • Aos Fatos desenvolveu a primeira versão da Fátima, robô checadora que tira dúvidas sobre informações suspeitas na internet.

2017

  • Após quase dois meses sob um processo de auditoria independente, Aos Fatos passou a integrar o grupo de iniciativas de checagem verificadas pela IFCN (International Fact-Checking Network). O sistema de certificação formaliza o cumprimento do código de conduta da organização.
  • Na segunda campanha de financiamento coletivo, Aos Fatos arrecadou R$ 34,3 mil e ampliou para 350 o número de apoiadores.

2016

  • Aos Fatos tornou-se uma das 35 organizações a assinar o código de princípios da IFCN (International Fact-Checking Network).
  • As eleições municipais de 2016 marcaram o início da tradição de Aos Fatos de checar em tempo real as declarações de candidatos durante a campanha eleitoral, mantida até hoje.

Capa do projeto Cidade dos Sonhos

  • Com o projeto Cidade dos Sonhos, Aos Fatos lançou o especial "Aos Fatos checa Cidade dos Sonhos", que monitorou declarações de candidatos às prefeituras de São Paulo e do Rio de Janeiro em assuntos como mobilidade, energias renováveis e meio ambiente.

2015

  • Com apoio de 301 benfeitores, Aos Fatos arrecadou R$ 32 mil em sua primeira campanha de financiamento coletivo.
  • Em 7 de julho, Aos Fatos foi ao ar pela primeira vez.

Compartilhe