YouTube bloqueia 36 vídeos de Bia Kicis por violação de direitos autorais da Sony

Por Débora Ely e Ethel Rudnitzki

10 de junho de 2022, 18h07

O YouTube suspendeu nesta quinta-feira (9) 36 vídeos postados no canal da deputada federal Bia Kicis (PL-DF) por violação de direitos autorais da Sony Music Entertainment. Publicados entre setembro de 2020 e novembro do ano passado, os conteúdos reuniam pelo menos 105 mil visualizações.

Os banimentos foram identificados pelo estúdio de análise de dados Novelo Data. Todos os vídeos removidos mostram a mensagem: “Este vídeo apresenta conteúdo de SME [Sony Music Entertainment], que o bloqueou no seu país com base nos direitos autorais”. Segundo o YouTube, essas remoções acontecem na plataforma a pedido da detentora do copyright.

Os títulos, que ainda podem ser vistos, indicam que os vídeos eram balanços semanais da atividade parlamentar de Kicis. Não foi possível identificar quais materiais da Sony eles continham, pois os conteúdos não foram encontrados nas outras redes sociais da deputada.

Esta não é a primeira vez que um político brasileiro tem vídeos deletados por infringirem copyright no YouTube. Em abril, uma publicação do presidente Jair Bolsonaro (PL) foi excluída por violação aos direitos autorais da Ferrovia Sul, de acordo com a Novelo Data.

Procurada por Aos Fatos nesta sexta-feira (10), Bia Kicis não respondeu.

Topo

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.