Cortes de Bolsonaro no Flow somam milhões de visualizações no TikTok

Por Ethel Rudnitzki

9 de agosto de 2022, 17h35

Em um período de 12 horas, trechos cortados da entrevista do presidente Jair Bolsonaro (PL) ao Flow Podcast somaram 2,78 milhões de visualizações no TikTok, principal plataforma de vídeos curtos do mundo. A maior parte dessa audiência — 1,5 milhão de visualizações (55%) — foi para trechos com desinformação ou ataques a adversários, à imprensa e à urna eletrônica.

A análise feita pelo Aos Fatos leva em consideração apenas conteúdos publicados com a hashtag #BolsonaroNoFlow, divulgada pelo programa e adotada pelo presidente nas redes, entre a noite de segunda (8) e a manhã de terça (9).

  • O trecho que mais viralizou, com 770 mil visualizações, foi publicado pela deputada federal Carla Zambelli (PL-SP). Nele, Bolsonaro defende o voto impresso.
  • No segundo trecho mais viral, com 354 mil visualizações, Bolsonaro ataca seu principal adversário, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), ao dizer que o petista teria sido responsável pela “maior corrupção da História da humanidade”.
  • Também circulou no TikTok parte da entrevista em que Bolsonaro mira no STF (Supremo Tribunal Federal), acusando a instituição de “ativismo judicial” e chamando de “abortista” o ministro Luís Roberto Barroso.
  • O corte em que Bolsonaro mente sobre a existência de uma sala-cofre no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) para apuração dos votos acumulou mais de 53 mil visualizações.
  • Trechos nos quais o presidente elenca entre as medidas tomadas para a redução dos preços dos combustíveis a eliminação do imposto federal sobre o diesel somaram 133 mil visualizações. A afirmação, repetida outras duas vezes por Bolsonaro, é falsa pois a isenção só vale até o final deste ano.
Leia mais
Checamos Da ditadura à eleição de 2018, Bolsonaro mente ao Flow Podcast

Distribuição. Até a tarde desta terça (9), a íntegra da entrevista com o presidente chegava a quase 8 milhões de visualizações no canal do Flow Podcast no YouTube. No canal de cortes do Flow, trechos da conversa somavam 1,8 milhão de visualizações.

A distribuição de conteúdos editados é uma estratégia comum para a divulgação de podcasts, que acumulam audiência significativa após a transmissão ao vivo. Além de TikTok e YouTube, outras plataformas também amanheceram com cortes do Flow Podcast nas timelines.

Topo

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.